POSTMODERN JUKEBOX

0
521

 

“Uma história alternativa para a música POP”

Scott Bradlee (foto) é um pianista de Jazz que ama e odeia a música POP. E foi essa dualidade de sentimentos que o fez repensar sobre este estilo musical tão contestador.

O POP, de fato, tem músicas que muitas vezes pensamos em passar longe ou nem sequer ouvimos a música. Dependendo do artista já soltamos um “Ah não! Detesto fulana. Música brega, ruim, blá, blá, blá”.

Mas, este pensamento meio preconceituoso tem seus dias contados. Este mesmo desdém que fazemos, Scott fez. Só que ele decidiu agir e mudar a visão que tinha sobre artistas e estilos. Percebeu que existem boas letras, melodias, harmonias e que muitas vezes o que precisamos é mudar a forma como absorvemos cada canção.

Para mostrar que toda mudança é possível, Scott criou o projeto Postmodern Jukebox, no qual seleciona grandes canções de artistas do mundo POP, como Demi Lovato, Rihanna, Katy Perry e dá uma nova roupagem com estilos vintage transformando as músicas em obras-primas.

Por exemplo, a versão de Really Don’t Care – Demi Lovato.

E não é que deu certo!?!

PostModern Jukebox conta com parcerias de grandes cantoras. Aliás, qualidade na voz é o que não falta por aqui.

image

Gristina Gatti é um bom por exemplo. Ela lembra um pouco Amy Whinehouse com sua voz nasal e extremamente afinada. Talento que até a cantora Beyoncé adorou e aprovou a sua versão de “Drunk in Love”. Outra música que virou sucesso na sua voz, foi “Burn” de Ellie Goulding

O som é tão original e está fazendo tanto sucesso que a banda já está com agenda fechada até junho de 2015 em turnê mundial.

Gostou? Vamos torcer para eles passarem por aqui!

Confira mais informações em www.postmodernjukebox.com e enjoy it!

Por Talita Alves

Fotos: divulgação