Faça suas malas para uma viagem diferente

0
485

image

Para nós brasileiros que não estamos acostumados em viajar com um carro alugado e ao mesmo tempo usá-lo como hospedagem, pode soar estranho. Porém, acreditem: a ideia é boa e dá certo, pelo menos fora do Brasil.

Em países como Austrália, Chile, Itália, Inglaterra, Estados Unidos, entre outros, este serviço existe há anos e não é nada parecido com um Motorhome com banheiro, quartos, sala e cozinha. Trata-se de algo um pouco mais simples, voltado para mochileiros que querem viajar gastando menos. Como me incluo neste segmento, assim que resolvi viajar fui logo tratando de alugar o meu por meio de uma locatária indicada por um amigo agente de viagem.

image

A variedade de veículos é grande, e além da cama que, pode acreditar, é confortável, todos vêm com mesa, bancos, utensílios de cozinha e uma pequena estrutura de pia e fogareiro.

image

Como minha viagem seria exclusivamente pela Itália, em uma espécie de lua-de-mel antecipada, aluguei uma van perto de Roma e cai na estrada. Ao todo rodei, junto ao meu futuro marido, 2.700 quilômetros, passando por mais de 20 cidades. Tirando as mais conhecidas como a capital Roma, Pisa, Nápoles, Pompéia (cidade arrasada pela erupção do Vulcão Vesúvio em 79 d.c), Florença, Verona (cidade de Romeu e Julieta), Veneza, entre outras, fiquei encantada por cidades menos disputadas por turistas e igualmente incríveis. A começar por Lucca e Assis (na região da Toscana e Úmbria), Tivoli e San Benedetto del Tronto (na região de Lácio e Marche), as cidades de Monterosso al Mare e Manarola na área de Cinque Terre (no noroeste da Itália) e para fechar, as cidades do Nordeste da Itália e Emília-Romanha com destaque para as charmosas Cortina D’Ampezzo (Alpes Dolomíticos, lugar perfeito para a prática de esportes de inverno), Riva del Garda (ao norte do Lago di Garda, roteiro certo para quem curte esportes aquáticos) e Arco (com infinitas vias de escalada e muitas trilhas de mountain bike e downhill).

image

image

Foram 15 dias rodando com uma van colorida pela Itália, país que conta com estradas bem sinalizadas e em ótimo estado de conservação. Ficou claro que os italianos não economizam na engenharia quando o assunto é construção de rodovias seguras e funcionais. A exemplo disso, não posso deixar de citar, um túnel que atravessamos com 10 quilômetros de extensão, entre as regiões de Lácio e o sul da Itália.

image

Mas você deve estar se perguntando: qual a vantagem de alugar um veículo assim? Pois bem, ficar livre para ir e vir, de um canto a outro de um país, sem depender de reservas em hotéis, taxas de turismo e hora marcada, não tem preço. Ainda assim, fica a dica, como os veículos não têm banheiro, é importante estar conectado à aplicativos de campings durante a viagem para ter acesso à pontos de energia para um banho quente. Gostou? Então, da próxima vez, arrume uma mochila cargueira com roupa de cama, travesseiro e toalha e prepare-se para viajar sem destino certo, aproveitando ao máximo todos os atrativos e belezas que cada lugar tem para oferecer. Boa viagem!

image

Por Juliana Franqueira

Fotos: Luciano Fonseca e Divulgação